Classificação indicativa de jogos eletrônicos

Gabrieli TassinariGabrieli Tassinari16/07/2015 às 01:50:11 - 13.455 acessos

A importância da classificação etária para os jogos eletrônicos.


Jogos digitais são, de fato, uma opção bastante flexível para fins de entretenimento, seja para crianças, jovens ou adultos. Eles estão na internet, tablets, smartphones e são encontrados em uma variedade imensurável. Mas, um dos aspectos pouco ressaltados sobre jogos é a classificação indicativa dos mesmos. Neste artigo, você saberá qual a importância de os jogos fornecerem essa informação e classifica-los de forma adequada.

A classificação indicativa dos jogos, é uma fonte desconhecida por muitos dos jogadores. Porém, é uma exigência do ministério da justiça que os jogos apresentem esse requisito de forma evidente ao usuário. Trata-se de uma indicação sobre a faixa etária para qual o conteúdo do jogo, assim como outros recursos audiovisuais (filmes, novelas, etc.), não é recomendado. Este tipo de recomendação é necessário para que os jogadores estejam cientes do conteúdo com o qual estão se submetendo. Vale ressaltar, que os pais ou responsáveis por crianças menores ou adolescentes devem estar informados sobre essas recomendações que podem influenciar tanto de modo positivo quanto negativo a vida dos filhos, assim como qualquer outro recurso audiovisual, com a diferença da possibilidade de interação oferecida pelos games.

As imagens abaixo referem-se ao site http://www.clickjogos.com.br/ e exemplificam a maneira como alguns sites trazem a informação sobre a classificação indicativa dos jogos. Note que nestes modelos apresenta-se uma pequena sinopse do jogo e logo abaixo a classificação indicativa.


Imagem: http://www.clickjogos.com.br/jogos/red-crucible.


Imagem: http://www.clickjogos.com.br/Jogos-online/Acao-e-Aventura/Flash-Sonic.

 

A importância de estar atento as recomendações sobre a faixa etária indicativa, é por conta da diversidade de jogos disponíveis na rede que contém todo tipo de conteúdo: violência, obscenidade, terror, suspense, ação, interatividade, entre outros. Claro que não podemos nos limitar somente a esses tipos de jogos, uma vez que também existem jogos criativos e educativos que favorecem bastante na estimulação de aprendizagem e criatividade. Ainda assim, esses games devem apresentar a classificação etária indicada, que geralmente é livre.

O estabelecimento da classificação etária para jogos começou no Brasil por volta do ano de 2001 e se concretizou em 2009 com análises feitas por analistas do Departamento de Justiça. A classificação é feita a partir de critérios de avaliação de conteúdos que contém, dentre eles, cenas eróticas, violentas e sobre drogas.

Sabemos que a classificação indicativa ainda é um pouco ineficiente, pois trata-se apenas de uma recomendação, o que não impede uma criança de 10 anos de jogar um jogo que se destina ao público maior de 18 anos. Por isso, é muito importante que os pais controlem e estejam sempre atentos aos tipos de jogos que seus filhos acessam, procurando sempre informações sobre a classificação etária. Desta forma acontecerá o uso consciente de jogos que são os “aliados” das crianças e jovens atualmente.

Abaixo você verá um guia de símbolos sugeridos pelo Ministério da Justiça que apresentam a classificação indicativa de acordo com a faixa etária.

Classificação indicativa para jogos.

Fiquem atentos as recomendações contidas nos jogos e lembrem-se sempre de verificar a classificação indicativa ao oferecer um jogo à uma criança.

Até a próxima!


jogos eletrônicos classificativa idade desenvolvimento ministério da justiça regras jogos faixa etária requerimentos jogos crianças jogos ideal

Compartilhe




Site atualizado

Olá, nosso site recebeu uma nova atualização e por conta disso, alguns artigos ainda estão sendo atualizados. Dependendo do conteúdo que você procura, poderá encontrar imagens e trechos de códigos mal formatados.

Estamos trabalhando para normalizar todos os conteúdos, muito em breve, esse problema não mais existirá.


Comentários