O Kit do desenvolvedor de jogos de baixa renda

Daniel  SobrinhoDaniel Sobrinho20/08/2020 às 23:23:25 - 245 acessos

O Kit do desenvolvedor de jogos de baixa renda

Em terra de indie todo dinheiro poupado pode ser a diferença entre consolidar o projeto ou não.


Por isso, separamos o Kit do desenvolvedor(a) de baixa renda, para caso esteja iniciando e tenha pouco recurso, você consiga fazer seu trabalho usando somente programas gratuitos.

 

Aqui vale uma nota, nesse artigo nós estamos assumimos que você ou seu estúdio já tenha definido um motor de jogo para trabalhar, e agora, esteja buscando ferramentas externas para a criação dos assets que irão compor o jogo.

 

Na indústria gráfica, já temos grandes programas consagrados e populares dentro do mercado de trabalho como photoshop (para edição de imagens e ilustrações), zbrush e maya (para modelagem de objetos 3d) entre outros, esses programas são ótimos no que se propõem a fazer, porém para quem está iniciando (principalmente se a pessoa ou estúdio esta localizada em um país de moeda fraca e instável como o Brasil) pode-se haver dificuldade em comprar ou obter a licença para usar esses programas, pois a cotação geralmente é em dólar e os valores em suas conversões para a moeda sofrem aumento exponencial (além do fato de hora ou outra sofrer com inconstantes flutuações do dólar) o que faz se tornar inviável inicialmente, porém existe um grupo de programas gratuitos de código aberto que estão ganhando força e espaço, principalmente entre freelances, desenvolvedores solos e estúdios independentes, e provavelmente se você tem interesse ou já trabalha na indústria, você já deve ter se deparado com, pelo menos, um desses nomes que vamos abordar aqui nesse artigo. Os programas que abordaremos, além de serem gratuitos, cumprem toda a demanda que o usuário necessita e ainda tem a vantagem de possuírem boas comunidades ativas e amistosas para novos integrantes, além de terem seus códigos de fácil acesso, permitindo que se o usuário ou estúdio precise de fazer alguma edição específica na ferramenta para resolver uma demanda interna, isso possa ser feito sem ter burocracia ou um acordo de licença com o valor mais “salgado” para a empresa ter autorização e acesso ao código para isso, tudo isso e um adicional de free royalties.

Na escolha dos programas separamos em três tipos de demanda diferente na hora de produzir um jogo: primeiro pensamos em um programa para criar, texturizar e animar seus modelos 3d; segundo um editor de imagem para criar a arte conceitual, mapas de material, UI, ícones, logo e etc; e em terceiro pensamos em um criador de música e efeitos sonoros. Além disso, buscamos programas que também são compatíveis com o sistema operacional Linux, assim o desenvolvedor(a) ou estúdio podem economizar com o valor da licença do windows, usando uma distro Linux, podendo até (se desejado) obter ganho de performance com uma aparência gráfica mais leve como a LXDE.


1 – Blender 3d

Esse já é uma figura bem conhecida da comunidade indie, sua existência já é bem longa. O blender possui todas as ferramentas para fazer qualquer objeto 3d, seja orgânico ou não, seja modelando usando extrusão de vértices ou esculpindo, esqueleto para animação, ferramentas de pintura de material e etc, com ele o limite da criação fica somente na criatividade e capacidade do usuário, e para quem está iniciando, ele possui uma grande comunidade lá fora e no Brasil contando com inúmeras videoaulas em veículos de mídia gratuitos como youtube ou em cursos pagos em sites como Udemy.
Baixe o blender aqui

 

 

2 – Krita

Conheça esse excelente manipulador de imagem, que está sendo uma febre entre animadores 2d clássicos, e estúdios de jogos indie. Krita é um pacote completo, possuindo diversos pincéis com vários efeitos diferentes que em maioria emulam ferramentas do mundo real (e com maestria diga-se de passagem), como lápis, caneta nanquim e bico de pena, pincel em pintura a óleo e outros, além de contar com ferramentas para arte vetorial, layouts próprios para cada tipo de trabalho, como animação, quadrinhos, Ilustração, pixel arte e etc, e se você está vindo do photoshop, não precisa se preocupar, você irá se familiarizar rápido com o programa, já que o mesmo possui muitas hotkeys semelhantes, assim como o modus operandi.

Baixe o krita aqui

 

 

3 – LMMS

E para finalizar nos temos, o criador de músicas e efeitos sonoros: LMMS. Esse programa já possui uma vasta coleção de instrumentos e efeitos já prontos para o uso, além disso ele também tem a opção de adicionar mais (e não se engane, existe uma comunidade enorme e que sempre traz algo novo para você agregar no seu trabalho), com ele você vai poder criar áudios profissionais para seus jogos e aplicativos.

Baixe o lmms aqui

 

 

Menção honrosa – LibreOffice

Com esse pacote de programas gratuitos e abertos, que tem suas equivalências aos já conhecidos pacote Office da Microsoft, você vai poder organizar seu projeto, fazer documentos e roteiros, e claro o essencial GDD, afinal todo projeto sério deve ser bem organizado e estruturado, o que pede uma boa ferramenta de texto!

Baixe o LibreOffice aqui

 

Pronto! Com esses programas, a santa trindade das ferramentas de execução da criação está suprida. Agora é planejar algo legal e colocar a mão na massa! Boa sorte em seus projetos!

At.te, Daniel B. Sobrinho


blender 3d krita gamedev desenvolvedor indie lmms open source free royalties libreoffice

Compartilhe


Daniel Sobrinho

Daniel  Sobrinho

Olá. Eu trabalho com jogos e mídias digitais, com foco na parte de designer e planejamento.



Site atualizado

Olá, nosso site recebeu uma nova atualização e por conta disso, alguns artigos ainda estão sendo atualizados. Dependendo do conteúdo que você procura, poderá encontrar imagens e trechos de códigos mal formatados.

Estamos trabalhando para normalizar todos os conteúdos, muito em breve, esse problema não mais existirá.


Comentários