Análise de Hotshot Racing

Juarez JuniorJuarez Junior23/10/2020 às 20:01:27 - 147 acessos

Análise de Hotshot Racing

Conheça um incrível Indie Game de corrida totalmente Low Poly.


HotShot Racing é um jogo de Corrida estilo Arcade, desenvolvido pela Lucky Mountain Games e Sumo Digital, distribuído pela Curve Digital, foi lançado diretamente para Nintendo switch, PS4, Xbox one e pc, em 10 de Setembro de 2020. 

Inspirado quase por completo em jogos clássicos retro da década de 90, como Top Gear e Out Run, Hotshot Racing conquistou o carinho dos fãs de jogos de corrida e foi muito bem avaliado pela comunidade.

Controles

Por ser de gênero árcade, seus controles tendem a ser rápidos e responsivos, tendo uma gameplay simples, utilizando de poucos botões para criar uma experiência de condução rápida e divertida, combinando manobras de drifting com alta velocidade, trazendo de volta a sensação de nostalgia dos antigos jogos de corrida de fliperama, podendo jogar local com até quatro amigos lado a lado, tornando a experiência muitas vezes mais divertida.

Gráficos 

Seu visual possui um charme único, utilizando de gráficos de arte Low-Poly, na forma com que a profundidade, dimensão e cores vivas de todo o cenário construído, resultem em um visual agradável e de encher os olhos, tudo devido a versatilidade do Low-Poly, utilizando de poucos polígonos, ocasionando assim numa experiência mais polida e bela. 

Análise de HotShotRacer: Fonte: Reprodução  Steam
Fonte: Reprodução Steam

Som

O trabalho de Áudio de HotShot Racing merece uma atenção especial, pois a Curve Digital fez com que o som do jogo trouxesse um ar nostálgico dos antigos fliperama, e o som polido dos atuais jogos de corrida, fazendo com que a trilha sonora frenética fosse mais alegre e agradável de se ouvir, tornando a experiência de jogo ainda mais única e empolgante. 


Variedade 

Sobre seu conteúdo, tem incluso ao todo, quatro modos de jogo distintos, são eles: 

  • Arcade, uma corrida em circuito; 
  • Polícia e Ladrão, que consiste basicamente em uma perseguição contra os Ladrões; 
  • Dirija ou Exploda, onde o carro deve sobreviver até o fim das voltas sem ser destruído pelo tempo ou outros jogadores; 
  • Corrida contra o Tempo, aqui você tem um tempo para completar as suas voltas.

Embora tenha uma quantidade razoável de pistas, no total de 16, divididas em 4 regiões, ainda não é possível saciar a sede de “quero mais” dos jogadores, todavia, a falta de novos circuitos é quase ofuscada pela beleza e arquitetura única das pistas existentes no jogo, onde cada uma transmite uma sensação nova ao jogador, desde florestas jurássicas até praias, desertos e montanhas.

O game se dispõe de uma variedade até interessante de veículos, ao total de 32, dividido em 8 personagens, cada personagem com sua própria história e princípios, porém, o jogo peca em não se aprofundar em quase nada na história dos mesmos, tendo um enredo fraquíssimo, apenas estando lá para completar o jogo. E por fim, o jogo possui uma customização de veículos que é bem humilde, por exemplo, não há como criar seu próprio carro, apenas modificar partes, tanto internas, quantos externas do carro do personagem que você escolheu, como volante, rodas, capô, luzes, cores etc.

 Variedade talvez não seja a palavra-chave de HotShot Racing, mas apresenta ao jogador uma quantidade de conteúdo aceitável, podendo até entreter por muitas horas.


Conclusão

Em vista disso, HotShot Racing não tenta esconder suas inspirações em antigos jogos retro, muito pelo contrário, ele aprimora o que já era bom e faz mais, conduzindo antigos e novos fãs de jogos de corrida para uma nova experiência.

 



hotshot racer hotshot racing low poly corrida game de corrida jogo de corrida análise hotshot racing jogo de corrida para pc hotshot racing x-box

Compartilhe nas redes sociais



Juarez Junior

Juarez Junior

Cursando o terceiro ano do ensino médio, fez um curso técnico em Técnico em Agronegócio e está cursando Administração pelo Centro Paula Souza. Amante de games desde criança, joga qualquer tipo de jogo, independente da plataforma, desde um Super Nintendo, até um X-box, Playstation. Novo colunista do SatellaSoft, na qual vai fazer análises de jogos e outras publicações relacionadas.