Composer 2.0 já está disponível

Gunnar CorreaGunnar Correa25/10/2020 às 13:40:40 - 251 acessos

Composer 2.0 já está disponível

A nova versão foi anunciada com grandes melhorias e encerramento do suporte para versões antigas do PHP em atualizações futuras.


Composer é um dos principais gerenciadores de pacotes para o PHP, isso quer dizer que, com ele, podemos baixar bibliotecas como PHPMailer e Monolog, com pouquíssimo trabalho, bastando apenas inserir algumas linhas de comando através do nosso terminal de trabalho. Ainda é possível compartilhar um arquivo chamado de composer.json e solicitar a instalação dos pacotes listados nesse arquivo.

Caso você ainda não tenha o Composer instalado, basta acessar o site oficial e clicar no link de download. Há versões para Linux, Windows e MAC.

Após a instalação, abra o seu terminal e digite o comando abaixo para certificar-se de que o Composer foi instalado, além de ver a versão atual.

composer --version

Consultando a versão do Composer e confirmação de instalação

Composer 2.0

A lista de modificações é grande, então aqui vou falar de algumas coisas mais importantes e depois deixar o link para que você possa ler todo Changelog.

Uma das principais mudanças foi o desempenho, que ganhou maior velocidade na instalação e atualização de pacotes. Na imagem abaixo, é possível ver um comparativo com a versão 1 e 2 do Composer, na qual o tempo de processamento caiu em até 60% do tempo.

Tempo de processamento das duas versões. Fonte: Reprodução composer.org
Tempo de processamento das duas versões. Fonte: Reprodução composer.org

Problemas com versões anteriores

Como o padrão para atualizar seu ambiente de trabalho, é recomendado ler as especificações de mudanças, requisitos de sistema, e se possível, fazer a instalação em uma maquina a parte para testar essa nova versão.

No site oficial é listado algumas possíveis causas de problemas, como:

  • Plugins não estar atualizados para a versão 2;
  • Configurações inválidas entre a PSR-0 e PSR-4, afetando o script de autoload;
  • Verificação de plataforma, ou seja, ele vai consultar as versões do PHP disponíveis entre seu sistema e os pacotes a serem instalados.

Fim do suporte para versões antigas do PHP

Todo dia a gente vê um monte de casos de empresas grandes tendo um imenso retrabalho ao migrar seus softwares de versões antigas para as versões mais novas, tudo isso, para garantir o suporte, segurança e integração com tecnologias atuais.

Acontece que o Composer 1.0 já pode ser considerado EOL, e de acordo coma nota de lançamento, o Composer vai deixar de dar suporte a todas as versões anteriores ao PHP 7.1.3 a partir do Composer 2.2. O composer ainda vai fornecer o suporte a correções criticas e bugs nas versões 2.0 e 2.1.

Esse fim de encerramento ao PHP 5.3+, vem justamente em um momento em que a versão já é considerada obsoleta, inclusive, o PHP 8 já está chegando com tudo. É muito complicado manter suporte e qualidade para versões antigas do PHP, já que elas estão ficando cada vez mais carentes de recursos, quando comparada com as versões 7.2 e 8.0, por exemplo.

Conclusão

A comunidade do PHP fica cada vez mais feliz e animada em utilizar softwares que estão recebendo novas atualizações e ganhando espaço mais modernos, então, não considere o fim da versão 1 como uma baixa, mais sim uma oportunidade de melhorar e atualizar todo o seu ambiente de trabalho.

Estamos muito ansiosos para receber todas as futuras versões do Composer.

Recomendo que você leia o post feito por Jordi Boggiano e também, o Change log, ambos estão nas referências do artigo, logo abaixo.


Referências

Composer 2.0 is now available: https://blog.packagist.com/composer-2-0-is-now-available

Composer 2.0 announcement first for the highlights: https://github.com/composer/composer/releases/tag/2.0.0

Curso Introdução ao Composer: https://academy.satellasoft.com/course/v/introducao-ao-composer


composer aulas tutorial composer composer 2 novidades composer 2.0 composer o que é composer novidades

Compartilhe nas redes sociais



Gunnar Correa

Gunnar Correa

Autodidata, Graduado em Desenvolvimento Web (FIPP), Especialista em Tecnologias na Educação (Unoeste) e Pós-graduando em Segurança da Informação (Universidade Cruzeiro do Sul). Começou seus estudos na área de programação quando era criança, e atualmente está estudando desenvolvimento de jogos. É CEO do portal SatellaSoft, criado em 2009 com o intuito de compartilhar conhecimento de forma gratuita e inédita.