Como baixar e instalar o Python no Windows e Linux corretamente

Veremos como fazer a instalação a partir de um executável para Windows bem como a forma correta de instalação via terminal para Linux.

Publicado em

Python tem se tornado uma das stacks favoritas para programadores, afinal, é possível utilizar inúmeras bibliotecas para diferentes necessidades, como manipulação gráfica, criar sites com Flask, manipular planilhas com Openpyxl, entre muitas outras.

Não é difícil aprender a criar seus primeiros códigos, mas para isso é necessário ter o Python instalado no seu sistema operacional. Aqui vamos ver como fazer a instalação no Windows e Linux. Vale lembrar que na data de escrita desse artigo, foi instalado a versão 3.10.6.

Instalando o Python no Windows

A instalação no Windows pode ser feita através de um executável, para isso, basta acessar a página de download do Python. Uma vez na página, basta clicar no botão Download Python 3.10.6 (pode ser que você veja uma versão mais atualizada).

download Python para Windows.
download Python para Windows.

Uma vez o executável baixado, basta abri-lo para iniciar a instalação, que por sua vez, é muito simples. No nosso caso, não tínhamos nenhuma outra versão do Python instalada, sendo assim, basta clicar no na opção Upgrade Now e o processo será iniciado. No término da instalação, basta clicar no botão Close.

Instalando o Python no Windows.
Instalando o Python no Windows.

Assim que a instalação for concluída, você terá não só o Python instalado, mas também o PIP, que é o seu gerenciador de pacotes.

Instalando o Python no Linux

Para instalar o Python no Linux, tudo o que você precisa é de acesso admin e de um terminal de sua preferência. Em qualquer lugar do seu dispositivo, execute os comandos abaixo.

Agora para atualizar os pacotes.

sudo apt-get update

Para instalar o Python via api-get.

sudo apt-get install python3

Para instalar o PIP via api-get.

sudo apt-get install python3-pip

 

Verificando a versão instalada do Python

Agora que o Python foi instalado, precisamos verificar se ele está acessível via terminal e confirmar de fato a instalação, para isso abra um terminal de sua preferência. No Windows você pode abrir o menu iniciar e pesquisar por Power Shell ou CMD, ambos os terminais podem ser utilizados.

Para verificar a versão do Python:

python --version

Caso esteja utilizando o Linux, utilize:

python3 --version

Para visualizar a versão do PIP:

pip --version

Verificando a versão do Python e PIP instaladas no sistema.
Verificando a versão do Python e PIP instaladas no sistema.

Executando código via terminal com Python

Tendo certeza de que o Python está instalado e acessível via terminal, vamos agora fazer um simples exemplo de código. Para isso, abra o seu terminal caso não esteja aberto.

Digite python para iniciar o interpretador de código do Python. Agora digite os códigos abaixo pressionando Enter após digitar cada linha.

site = 'SatellaSoft'
print(site)

Se tudo ocorreu bem, você verá uma mensagem “SatellaSoft” impressa no terminal.

Executando código via terminal com Python.
Executando código via terminal com Python.

Para sair do modo de interpretador, basta digitar exit().

exit()

Python no Visual Studio Code

Existem inúmeras ferramentas que você pode utilizar para criar suas infinitas linhas de código em Pytho, uma delas é o Visual Studio Code, ou para os mais íntimos, VS Code.

Você pode baixar a extensão Python de autoria da Microsoft no market place através do link: https://marketplace.visualstudio.com/items?itemName=ms-python.python. Após a instalação, você terá um debugador e novas funcionalidades no seu editor para trabalhar com o Python de forma mais simples e prática.

Extensão do Python para o VS Code.
Extensão do Python para o VS Code.

Nossa videoaula

Disponibilizamos também uma videoaula em nosso canal no Youtube, você pode assisti-lo através do player abaixo.

 

Conclusão

Com toda a instalação realizada corretamente, bem como conhecer alguns outros recursos, tais como uma extensão para o Visual Studio Code, checar a versão do Python e PIP via terminal e por fim, utilizar o interpretador de códigos via terminal, chegamos ao final de mais um artigo.

Deixe nos comentários que tipo de conteúdo sobre Python você gostaria de ver por aqui. 

Referências
Gunnar Correa
Gunnar Correa

Autodidata, Graduado em Desenvolvimento Web, Especialista em Tecnologias na Educação e Pós-graduando em Segurança da Informação. Começou seus estudos na área de programação quando era criança, e atualmente, está estudando desenvolvimento de jogos. Fundador da SatellaSoft, criado em 2009 com o intuito de compartilhar conhecimento de forma gratuita e inédita.

Deixe um comentário
Aguarde...