Aprenda a dar os primeiros passos com React

Gunnar CorreaGunnar Correa22/11/2021 - 92 acessos

Aprenda a dar os primeiros passos com React

Sem dúvidas o React é uma das bibliotecas front-end mais importante da atualidade e aqui você aprende a dar os primeiros passos.


React é sem dúvidas é uma das bibliotecas mais usual entre os desenvolvedores front-end, que inclusive, é um dos maiores requisitos para quem procura algum trabalho nessa área. Com ela é possível criar incríveis projetos utilizado o Javascript enquanto podemos reaproveitar tudo o que já foi criado de forma muito mais eficiente.

É imprescindível que você conheça o Javascript, sem isso não é possível aprender o React, visto que vamos usar o JS o tempo todo.

Se você está aqui, então provavelmente já ouviu falar em React, mas de qualquer forma, vamos ver uma breve definição dos próprios mantenedores.

O React é uma biblioteca JavaScript de código aberto com foco em criar interfaces de usuário em páginas web. É mantido pelo Facebook, Instagram, outras empresas e uma comunidade de desenvolvedores individuais. Fonte: Wikipedia

Sempre que a gente programar nossos scripts, será necessário compila-los para assim ter um projeto que é possível rodar no lado do cliente.

Okay, agora a gente já sabe que se trata de uma biblioteca Javascript que serve para criar as interfaces com o usuário, mas ainda existe uma pergunta que não se quer calar.

Por que devo utilizar React?

Bem, essa pergunta quem deve ter a resposta é única e exclusivamente você! Mas de qualquer forma, não estude algo por que alguém te indicou, por modinha ou algo do tipo se não pretende de fato torna-la parte do seu dia a dia ou dos seus projetos.

Espero que ao termino desse artigo você possa refletir sobre a pergunta e que você tenha uma resposta mais otimista, mas de qualquer forma, vamos ver alguns motivos para estudar React.

Primeiramente temos muitas vagas de trabalho com essa biblioteca, o que nos garante estar atuando com algo que é bem remunerado e que tem uma alta procura por profissionais.

Tirando a remuneração de lado que é algo bom, vamos olhar agora para os benefícios de criar um projeto, seja um pessoal, para estudos ou usar em alguma empresa. Quando utilizamos o HTML, CSS e Javascript puro, é muito difícil a gente criar um componente, manter uma boa estrutura dos scripts JS e CSS, manter uma harmonia entre tudo o que é criado e mais algumas coisas.

Para ficar mais claro a explicação acima, para que a gente possa criar uma simples página que lista alguns produtos, é necessário ter um arquivo Javascript, arquivo CSS e todo nosso HTML. Cada pequena parte dessa página de produtos fica junto, se você pretende levar algum elemento para outra página, certamente irá fazer referência ao arquivo de estilo/javascript utilizado ou ter que duplicar o código, não é mesmo?

Com o React podemos criar um arquivo contendo todo o seu Javascript com HTML, importar apenas um trecho de CSS e chamar ele onde a gente quiser, sem precisar se preocupar com a duplicidade, já que uma vez que alteramos arquivo único e original, todas as partes que os chamam também serão afetados.

Ainda mantendo a estrutura de componentização, podemos remover um componente ou fazer a substituição de forma rápida e quase que instantânea.

Outro ponto muito importante é que vamos manter nosso código dentro de uma estrutura já existente, evitando gambiarras, modificando a estrutura do projeto, entre outras má práticas. Assim qualquer programador pode modificar o projeto sem maiores problemas.

Para fechar com cereja esse tópico, ainda com o React é possível instalar através do NPM vários pacotes, como o Axios, garantindo que a gente só faz a sua referência e começa a fazer requisições de dentro da aplicação.

O que são componentes?

Se você ainda não está habituado com o conceito de componentes, então vamos ver uma definição.

React e Componentes Web são construídos para resolver problemas diferentes. Componentes Web fornecem forte encapsulamento para componentes reutilizáveis. Enquanto que o React fornece uma biblioteca declarativa que mantém o DOM em sincronia com os seus dados. Fonte: React

Observe a imagem abaixo, ela pode facilmente ser transformada em um componente. Note que temos três principais elementos, sendo:

  1. Imagem do usuário;
  2. Nome do usuário;
  3. Alguma descrição, comentário ou texto feito pelo usuário.

O que é um componente em React?

Com o modelo de componentização a gente simplesmente escreve um script que espera receber uma imagem, nome e descrição. Uma vez os dados recebidos pelo componente, o seu layout é renderizado e agora podemos levar esse mesmo componente para qualquer parte do sistema sem se preocupar em como ele deve ser construido, afinal, programamos uma única vez e usamos infinitas outras.

O que é necessário para rodar React?

Agora que a gente já entendeu mesmo que superficialmente o que é o React e a sua importância, precisamos criar nosso primeiro projeto, para isso, vamos precisar que o Node e o NPM esteja instalado em nosso computador.

Uma vez o Node instalado, o NPM já vai estar disponível, então só é necessário fazer uma única instalação.

Também vamos precisar de um editor de código, porém eles são como cadeiras de cinema, cada um escolhe a que melhor lhe convém. De qualquer forma, é muito comum ver desenvolvedores utilizando o Visual Studio Code, na qual também recomendo.

Acesse o site oficial do VS Code, faça o download e a instalação do editor. Não vamos abordar esse tema por aqui.

Instalando o Node.JS

Primeiramente acesse a página de download do Node.JS em https://nodejs.org/en/download, por fim, escolha a versão LTS (Long Term Support, suporte a longo prazo) compatível com seu sistema operacional. Note que no Linux é possível instalar via apt.

Abaixo o comando necessário para instalar no Linux Ubuntu, caso não seja seu caso, simplesmente ignore.

sudo apt install nodejs

Como instalar o Node.JS no Linux.

No Windows, basta clicar no botão indicado para que um instalador comece a ser baixado. O processo de instalação é bem, mas caso você tenha dificuldade, recomendo acompanhar o artigo https://www.pluralsight.com/guides/getting-started-with-nodejs.

Uma vez que o Node esteja instalado, vamos precisar fazer a confirmação, para isso, abra o terminal de sua preferência, como CMD, Power Shell, Git Bash, ou qualquer outro. Caso você não saiba o que é isso, é muito importante que você de uma pausa e vá até o Google pesquisar por um desses terminais, vamos utiliza-los o tempo todo.

Com o terminal aberto, digite o comando abaixo para ver a versão do Node.

node -v

E o comando abaixo para ver a versão do NPM.

npm -v

Visualizando a versão do Node.JS e do NPM.
Para fazer as primeiras instalações do React, vamos utilizar o NPX ao invés do NPM, inclusive, você pode rodar o comando abaixo em seu terminal para garantir que ele esteja instalado e visualizar a sua última versão.

npx -v

Vou pular a explicação da diferença entre o NPM e NPX, mas nas referências desse artigo vou deixar um link muito importante que esclarece isso.

Criando o seu primeiro projeto em React

Okay, tudo o que a gente precisa já está instalado, agora finalmente vamos começar a criar nosso projeto para finalmente criar nosso Hello World.

Antes de mais nada, crie uma pasta no seu sistema, é dentro dela que nosso projeto será criado e que vai conter todos os nossos códigos.

Lembra que mais acima falei sobre os terminais? Pois bem, vamos utilizar ele daqui para frente. Nas referências vou deixar uma postagem que a SatellaSoft fez no Instagram sobre esse tema, então não deixe de conferir e seguir a gente lá.

No Windows 10, clique com o botão direito do mouse enquanto segura a tecla CTRL Left (CTRL da esquerda), por fim, abra o terminal de sua preferência, aqui vou clicar em Abrir janela do PowerShell aqui.

Como abrir o terminal PowerShell no Windows 10.
Agora que você está com um terminal aberto, rode o comando abaixo. Note que onde está escrito meu-projeto, você pode trocar para qualquer outro nome desde que não use espaços, caracteres acentuados nem na maiúscula. Vamos manter essa convenção desde já.

npx create-react-app meu-projeto

Criando um novo projeto React com NPX.

Enquanto o projeto está sendo criado e as dependências baixadas, você verá várias mensagens na tela. Espere o processo terminar.

Uma vez que a instalação esteja concluída, vamos agora acessar a pasta meu-projeto através do próprio terminal, para isso, insira o código abaixo. Note que CD significa Change Directory (mude de diretório)

cd meu-projeto

Mudando de diretório via command line.

Agora estamos dentro da pasta na qual o projeto foi criado, sendo assim, execute o comando abaixo para rodar o projeto em React e abrir o navegador de Internet.

npm start

No nosso caso foi aberto a URL localhost rodando na porta 3000, conforme mostra a seguir http://localhost:3000.

Programando em React

Dando continuidade, uma vez que você criou o projeto, abra a sua pasta no Visual Studio Code, para isso, com o VS Code aberto clique em File no canto superior esquerdo, em seguida clique em Open Folder. Agora selecione a pasta e clique em Selecionar Pasta.

Ainda no VS Code é possível utilizar o terminal integrado, mas vamos pular esse assunto por enquanto.

Estrutura de pastas e arquivos do React.

Como já discutido logo no inicio, o React tem sua própria estrutura e a prova disso, é que ele é muito organizado a ponto de nos trazer o .gitignore com exclusões de arquivos e pastas que não devem ser versionadas, como a node_modules, por exemplo.

Versionamento é um assunto que não vamos abordar aqui, mas é bom que você estude sobre Git e Github.

A pasta node_modules é gigante, é nela que está todos os pacotes que a gente vai utilizar e também o React para compilar nossa build final.

No Visual Studio Code, de um duplo clique no arquivo App.js. Note que logo no inicio é feito a importação de um arquivo de logo e outro de estilo, ambos estão dentro da pasta /src.

Arquivo App.js no React com as importações.Para o nosso primeiro contato, não vamos fazer nada mirabolante, então, de um duplo clique no arquivo App.css, apague todo seu conteúdo e inclua o código abaixo.

h1{
  color: #3d65ac;
  padding:5px 10px;
}

h1 span{
  color: #ef3e39;
}

Nosso código basicamente coloca o elemento h1 na cor azul e seu filho span na cor vermelho.

Agora de um duplo clique no arquivo App.js, apague a primeira linha de importação da logo. Apague também todo o conteúdo da div que contenha o atributo className App.

Vamos incluir um elemento h1 e um span, deixando nosso código como mostrado abaixo.

import './App.css';

function App() {
  return (
    <div className="App">
      <h1>Olá, <span>mundo!</span></h1>
    </div>
  );
}

export default App;

Se até aqui você executou tudo corretamente, ao abrir a página do projeto no navegador, vamos ver algo como mostra a figura a seguir.

Rodando uma aplicação React em maquina local.

Finalizamos nosso primeiro contato por aqui, mas ainda tem algo muito importante que precisa ser entendido.

O que é o JSX?

Você certamente deve ter estranhado o fato de inserir HTML dentro de uma função Javascript, mas acredite, aquilo não era HTML e sim JSX. Existe algumas regras que veremos nos próximos artigos.

Primeiramente vamos a uma breve definição do que é JSX.

JSX é uma extensão da sintaxe da linguagem JavaScript que fornece uma maneira de estruturar a renderização de componentes usando uma sintaxe familiar para muitos desenvolvedores. É semelhante ao HTML. Fonte: Wikipedia 

JSX significa JavaScript XML e nos permite incluir códigos Javascript muito próximo do HTML, mantendo assim tudo muito mais organizado e fácil de entender. Com esse recurso a gente não precisa criar elementos (createElement).
O interessante é que ao invés de usar o atributo class para inserir um estilo a um elemento, devemos usar className, que é a forma como o próprio Javascript faz essa atribuição. Veja um exemplo no código abaixo.

<div className="App">

No final do túnel, existe algum pré-processador, como Babel, por exemplo, que lê todas as nossas instruções JSX e cria os códigos Javascript puro para gerar nossos elementos do DOM.

Conclusão

Bem, finalizamos por aqui nosso guia básico de como dar os primeiros passos com React. Embora a gente tenha feito um mínimo esforço por parte de codificar em React, saiba que tudo o que foi discutido, instalado e configurado, é de suma importância para que você possa seguir com nossos próximos artigos e conteúdos sobre o tema.

Não deixe de conferir abaixo a seção de referência, deixei alguns links muito importantes para você e que vai agregar muito no seu conhecimento. Não se esqueça de comentar abaixo o que achou, isso nos ajuda na produção de mais materiais como esse.



react react tutorial react para iniciantes primeiros passos com react como aprender react instalar react hello world com react

Compartilhe nas redes sociais



Gunnar Correa

Gunnar Correa

Autodidata, Graduado em Desenvolvimento Web, Especialista em Tecnologias na Educação e Pós-graduando em Segurança da Informação. Começou seus estudos na área de programação quando era criança, e atualmente, está estudando desenvolvimento de jogos. É CEO do portal SatellaSoft, criado em 2009 com o intuito de compartilhar conhecimento de forma gratuita e inédita.


Fórum

Ficou com alguma dúvida? utilize nosso fórum de perguntas e respostas, lá nossa comunidade poderá te ajudar.

https://forum.satellasoft.com